Enviar URL:

Si no visualiza el código,haga click en él, para cambiarlo.

    x
  • • Su mensaje fue envído.
Obras » REALIZADAS

Recuperação da frente da Faculdade de Ciências Médicas

A fachada exterior – na rua Santa Fé teve uma intervenção em 1986 e apesar de não apresentar o mesmo grau de danos, apresenta desgaste da pintura pela ação do tempo e por pichações.

ANTECEDENTES

O espaço urbano gerado pela Avenida Francia, uma das ruas mais importantes da cidade que corta com a Avenida Santa Fe –via rápida e saída para o oeste da cidade é um dos trajetos mais significativos de Rosário, já que a perspectiva de um boulevard com grandes chanfros que culmina em um edifício, desemboca a Faculdade junto ao Hospital, um caso típico na trama urbana que definem este espaço como um dos mais ricos e mais emblemáticas da cidade. Mas, ao mesmo tempo tem sido um dos edifícios das universidades em pior estado de conservação com um ambiente caótico e degradado.

Em uma intervenção arquitectónica muito recente, ainda sem inaugurar, se reformaram os espaços perdidos no incêndio da ala Oeste, recuperando  elementos constitutivos da fachada original dos anos sessenta. O estado geral deste equipamento parcialmente deteriorado, assim como o piso, os elementos menores de equipamento - como cestos, colunas de iluminação, sinalização, cabine de telefone e carteleras - mostram a passagem inexorável do tempo.

AS OBRAS 

A intervenção na fachada principal da Faculdade e em seu entorno urbano exige ações conjuntas por diferentes atores que reconhecem a Instituição e seu edifício como tão significativo e emblemático da cidade: os diferentes níveis de governo, universidades, as associações profissionais, empresas e membros da comunidade universitária, com o objetivo permanentemente de transformá-la em um patrimônio da sociedade. As limitações financeiras recorrentes têm permitido realizar somente o mínimo trabalho de manutenção no edifício, que foram destinadas para aliviar situações de emergência específicas.

Estes fundos não são suficientes para reverter problemas de construção profundos que aumentam a deterioração, e menos ainda para o trabalho preventivo. Desde 1994 houve recuperações significativas dentro do prédio histórico, mas sem continuidade no tempo. Impulsionado por ações específicas e quase sempre com seus próprios esforços, sendo algumas necessidades postergadas por recursos insuficientes ou outras prioridades. Também houve avanços na recuperação de espaços interiores emblemáticos: a sala do Conselho Diretivo, as principais salas do piso térreo e alto, os lugares de maiores circulações, recuperação e reequipamento do Anfiteatro Central, e dando inicio na recuperaração das áreas leste, com suas circulações horizontais e escadas.Desta vez, e utilizando o marco de continuar enfatizando o sentido de pertinência, abordamos a recuperação definitiva da fachada principal do edifício e seus arredores.

O PROJETO

Com o apoio do Programa da Arquitetura Urbana da Prefeitura de Rosário e convênios especiais que nos permite realizar várias tarefas, tais como a limpeza, reparação e reconstrução de gesso e molduras, preparação de superfície geral e aplicação pintura látex para o exterior e esmalte sintético nos marcos de janelas e portas.

Nas áreas urbanas, a Prefeitura de Rosário desenvolveu o projeto “em torno da Faculdade Ciências Médicas” que esta  sendo execultado com objetivo de pavimentação priorizando áreas para pedestres e os espaços verdes, além da nova instalação do projeto de equipamentos urbano. Além disso, a própria Faculdade Ciências Médicas, aporta contribuições necessárias para a continuidade do trabalho.A prefeitura contribui com um subsídio especial, além da contribuição de equipamentos urbano e mão de obra especializada para o controle das obras.

O grande desafio é inaugurar as obras definitivas de remodelação antes do final deste ano. Isto requer a colaboração da Fundação Ciências Médicas de Rosario, que vem trabalhando há quase dez anos para reformular todo o complexo assistencial com seu projeto  “O Hospital Centenário do Bicentenário”, lançado em 2001. Este projeto compreende um todo em um complexo urbano com  funcionalidade no atendimento, ensino e pesquisa.As obras físicas são coordenadas com a Universidade de Rosario junto com o  Ministério da Saúde do Estado de Santa Fe.

A existência de um Fideicomisso assinado recentemente entre o Banco Municipal de Rosário e a  Faculdade de Ciências Médicas da UNR, dá o quadro jurídico à Fundação de Ciências Médicas para promover uma coleta destinada a recadar fundos para a conclusão do trabalho . O obejtivo visa arrecadar $ 400.000 - para finalizar todo o projeto, que já soma um investimento de $ 500.000 fornecidos pelos membros do Fideicomiso.

¿VOCÊ QUER COLABORAR?

540341 4498353
MAIS INFORMAÇÕES

Projeto de Serviço de Nutrição

La Fundación está estudando um projeto para um novo serviço no Hospital Estadual do Centenário

AMPLIAR

Sala 6 - Unidade de Procedimentos Especiais (U.P.E.)

Brinda um novo servicio no Hospital Centenário de Metabolômica, Anantomia Patológica e Hematologia.

AMPLIAR

Projeto de Serviços de Infraestrutura de Comunicações

Rede de comunicação entre salas de cirurgia do Hospital Dia, Sala 6, Salão de multimídia e Consultório Escenário da Faculdade

AMPLIAR